Sistemas de Exaustão

Sistemas de Exaustão

O objetivo principal de um sistema de exaustão em um laboratório é remover o ar contaminado resultante de vapores químicos, reações, calor e outras atividades laboratoriais.

Muitos laboratórios usam equipamentos e aparelhos que podem gerar contaminantes aéreos, mas que não justificam serem usados dentro de uma capela de exaustão, seja pelo investimento, espaço físico ou operação.

Para exaurir esses contaminantes (vapores, gases, etc.) podem ser necessários outros tipos de equipamentos, sistemas de exaustão local, ou coifas, para controlar contaminantes gerados por essas operações. Dada as suas características, as coifas não são equipamentos substitutos de uma capela de exaustão.

As Coifas são projetadas especificamente para exaurir materiais não tóxicos, como calor, vapor e odores de aparelhos grandes ou volumosos que não requerem uma barreira física como fornos, banhos de vapor e autoclaves, etc. As coifas se apresentam de diversos tipos e funções, podendo ser suspensas, fixas na parede ou mesmo com laterais para enclausurar equipamentos.